JOVENS FRADES … APRESENTAM-SE

 

Hoje partilho convosco o testemunho de alguns "jovens frades" estudantes de teologia no "Convento santo António doutor" em Pádua (outros centros de estudos em Itália são Assis e Roma). 

São frades assim chamados "em formação": tendo terminado o ano de Noviciado (o ano da primeira opção franciscana), estão agora a viver um longo período de preparação e de estudo das disciplinas teológicas e de ulterior discernimento espiritual e vocacional em vista da Profissão Solene (frades para sempre) e para muitos, da Ordenação sacerdotal. Um tempo, portanto, bastante empenhado, mas também rico de tantas experiências que depois constituirão uma bagagem preciosa para a sua vida futura de religiosos e o ministério que se irão encontrar a desempenhar.

 

Convido-vos apoiá-los com a vossa simpatia e sobretudo a rezar por cada um deles: que possam ser frades entusiastas e amantes apaixonados, religiosos santos!

 

 

 

 


OS "JOVENS FRADES" DE PÁDUA APRESENTAM-SE

   

Somos o grupo de jovens frades franciscanos conventuais em formação que vive em Pádua. Somos frades (emitimos os votos temporâneos) há poucos anos (quem no dia 26 agosto deste ano, quem há 3 ou 4 anos…) e pensámos “vir encontrar-vos” (pelo menos virtualmente) com esta breve mensagem para vos mostrar as nossas lindas caras e contar-vos alguma coisa de nós.

Gostaríamos de passar, como “jovens entre os jovens”, e dizer a todos: “existimos também nós!”. Para dizer a todos que de algum lado as orações pelas vocações produziram um pequeno fruto. Para testemunhar que o Senhor, mesmo nesses nossos tempos indecifráveis, também aqui connosco, nos abençoa entrando nas nossas vidas e atraindo-nos a Ele, convencendo-nos a apostar o nosso futuro sobre esta vida, de frades franciscanos. Para os nossos pobres e pequenos caminhos isto já é um milagre, e queremos partilhá-lo convosco, para o agradecer juntos e pedir-lhe ainda para continuar a dar-nos sempre outros irmãos de caminhada.

Este ano aqui, no convento de San Massimo (“Sant’António Dottore” mais precisamente…) em Pádua, juntamente a 11 frades professos solenes, vivemos também nós, 25 frades professos temporários, dos 22 aos 47 anos.

Vimos de diversas zonas da Itália (Emilia-Romagna, Lombardia e Triveneto), da Europa (França, Malta, Roménia, San Marino, Hungria) e do Mundo (Burundi, El Salvador, Ghana, Indonésia).

Salta logo à vista que a nossa é uma comunidade grande e muto variada, que abraça quase todos os continentes (falta-nos só a Austrália!) e uma série de idades e experiências muito ampla. Mesmo se isto traz consigo todas as dificuldades que podeis imaginar, sentimo-nos como privilegiados pelo facto de poder experimentar um respiro assim largo e internacional, que nos obriga a sair de nós próprios para encontrar e amar o outro, mesmo quando é assim diverso de mim.

O nosso compromisso principal é o estudo da teologia na Faculdade Teológica de Triveneto, mas podemos usufruir também de uma “formação interna” e das experiências que ocupam os nossos fins-de-semana. Somos, de facto, mandados em serviço em várias paróquias, realidades socio-caritativas (com os frades e as irmãs que se ocupam de dependências, mães solteiras e doentes de HIV, e depois no Cárcere Due Palazzi e no Hospital Civil) e de outro tipo (come na Basílica do Santo para o acolhimento dos peregrinos e no nosso conventos para a Lectio Divina).

Todos estes ingredientes, unidos à nossa quotidianidade  (feita de oração comunitária, momentos de fraternidade e encargos internos para o funcionamento da casa), compõem o mosaico tão rico e belo dos nossos dias.

Per concluir esta saudação, pedimos-vos que rezeis por nós! Sim, precisamos muito, para que o Senhor, que já nos fez ver as suas maravilhas, possa continuar a fazer-nos admirar com a sua eterna novidade, para que nós, como o nosso caro Francisco, possamos todos os dias “começar a seguir os seus passos”.

Recordamos-vos com amizade, tendo para cada um de vós uma mão sobre o túmulo de António, incansável protetor de todos nós.

Um abraço fraterno.


                                                                                            Os jovens frades em formação

 

 

 

CONTACTOS EM PORTUGAL

Para mais informações podes contactar:


fr. Fabrizio Bordin - Lisboa

tel. 21. 837 69 69 ou freifabri@gmail.com

 

fr. José Carlos Matias - Viseu

tel. 232. 431 985 ou   freizecarlos@gmail.com

 

frei Pedro Perdigão - Coimbra

tel. 239. 713 938 ou   fmcpedro@gmail.com

 

frei André Scalvini – Viseu

tel. 232. 431 985 ou  skand83@gmail.com    

                                                                                       

 frei Tiberio Zilio – Lisboa

tel. 21. 837 69 69 ou tiberiozilio@gmail.com