Encontro com a Palavra de Deus – BATISMO DO SENHOR - ANO B

FESTA DO BAPTISMO DO SENHOR – ANO B

 

10 janeiro 2021

 

AS LEITURAS DO DIA 

Is 42, 1-4.6-7: Eis o meu servo, enlevo da minha alma.

Salmo, 28: O Senhor abençoará o seu povo na paz.

Actos 10, 34-38: Deus ungiu-o com o Espírito Santo.

Evangelho Mc 1, 7-11: Tu és o meu Filho muito amado.

 

 

A PALAVRA É MEDITADA

«O batismo de Jesus lembra-nos sobretudo o nosso batismo e pergunta-nos o que é que mudou na nossa vida com a entrada de Deus nela. Pergunta-nos: “O que significa na realidade para mim ser batizado?”.

[…] O batismo significa que nós restituímos a Ele aquilo que dele veio.  

O bebé não é meu como pode sê-lo uma soma de dinheiro ou um instrumento qualquer. Ele nunca é propriedade de ninguém. Foi confiado por Deus à nossa responsabilidade, livremente e de modo sempre novo, para que nós lhe permitamos de ser um livre filho de Deus.  

Só graças a esta consciência é possível encontrar o caminho certo entre o autoritarismo e a falta de autoridade, entre a pretensão que muitos têm de dispor dos próprios filhos como se fossem uma sua propriedade, a tentativa de plasmar os filhos com base nas próprias ideias e nos próprios desejos, tentativa que acaba por os arruinar e lhes fazer violência, e aquele absurdo deixar andar que vem despachado como respeito pela liberdade, mas que na realidade é desprezo pela natureza humana e da sua dignidade.  

Porque deste modo se nega à criança o dom do amor e da comunidade em caminho, é abandonada às forças obscuras da existência.  

Este temor destrutivo da garantia oferecida pela verdade e pelo amor é inevitável se o homem não sabe mais que quem ele é para que vive. Neste caso, ele não pode dar à criança mais que a vida, que sozinha é sem sentido. Mas nós sabemos a quem efetivamente pertence a criança e a quem é devedora. Se a introduzimos na luz de Deus e nos seus ensinamentos, não lhe fazemos violência inculcando-lhe as nossas ideias pessoais, mas formamo-la e guiamo-la para aquela que é a sua natureza mais autêntica.

Então damos-lhe a sua verdadeira liberdade, o seu ser ela mesma. Entregamo-la nas mãos daquele que é criador e salvador. Isto é ao mesmo tempo o dom e o compromisso do batismo».

 

A PALAVRA É REZADA

Senhor, quero agradecer-te pelo meu Batismo.

Com o Batismo não me tornei melhor,

mais santo, mais inteligente, mais religioso,

em relação a quem não o recebeu.

Quantas pessoas não batizadas,

são mais cristãs que muita gente que vai à missa ao domingo…  

Também a eles, tu, Senhor, estás próximo

e os amas como me amas a mim.

Também eles são tuas criaturas, teus filhos,

são uma parte de ti, uma tua semente no mundo.

Também eles respiram o mesmo ar que eu respiro,

enfrentam os mesmos problemas,

gostariam de ser felizes e ter saúde,

choram quando morre uma pessoa cara…

A diferença entre quem não é batizado e quem o é

não está nas coisas da vida,

mas no como se fazem as coisas da vida.

A diferença não está no viver, mas para quem se vive.

Para mim que sou batizado,

a vida tem sentido se me gasto por ti, se vivo por te,

reconhecendo-te presente em mim e nos outros,

enfrentando cada dia pensando tu existes,

sentindo a tua presença amiga que guia este mundo,

vendo a realidade e as pessoas com os teus olhos,

procurando a eternidade em cada gesto de amor que dou

e que recebo.

Para mim que sou batizado, a vida tem uma direção:

a tua Senhor. Obrigado pelo meu batismo!

Ámen  

 

 

(In Qumran2.net, e La Chiesa.it: tradução livre de fr. José Augusto)

 


ankara web tasarım eşya depolama kocaeli escort izmit escort ataşehir escort adana escort escort bayan